SEAAC - SINDICATO DOS EMPREGADOS DE AGENTES AUTÔNOMOS DO COMÉRCIO E EM EMPRESAS DE ASSESSORAMENTO, PERÍCIAS, INFORMAÇÕES E PESQUISAS E DE EMPRESAS DE SERVIÇOS CONTÁBEIS DE CAMPINAS E REGIÃO

Filiado à FEAAC e Força Sindical
Filíe-se

CCT de empregados de Cobrança e Recuperadoras de Crédito traz avanços

Convenção Coletiva


Os empregados de empresas de Cobrança e Recuperadoras de Crédito, com data-base em 1º de agosto terão reajuste salarial de 6% a ser pago sobre os salários deste mês. Com o reajuste acordado na Convenção Coletiva de Trabalho – CCT - da categoria, o piso salarial para as funções de Analista de cobrança, Assistente de cobrança, Auxiliar de cobrança, Consultor de cobrança, Coordenador de cobrança, Encarregado de cobrança, Encarregado de crédito e cobrança, Monitor de cobrança, Operador de cobrança, Operador de cobrança bancaria e Operador de tele cobrança, com jornada de 44 horas semanais passa a ser de R$ 673,00.

 

Para os empregados que exercem a função de Gerente de Cobrança o piso salarial será de R$ 1.300,00. O Auxílio Alimentação, em número idêntico ao dos dias a serem trabalhados no mês terá valor unitário de, no mínimo, R$ 8,50.

 

A CCT assinada garantiu para os trabalhadores várias conquistas importantes como o Adicional por Tempo de Serviço, que prevê que por triênio trabalhador na mesma empresa os empregados receberão por mês a importância de R$ 34,60,  o Auxílio Crechepara as empregadas mães, para cada filho de até um ano de idade, na importância mensal de até R$ 183,00.

 

Além disso, segundo a presidente do SEAAC de Campinas e Região, Elizabete Prataviera, os trabalhadores terão ainda benefícios como a Gratificação por Aposentadoria  para o empregado que conte no mínimo oito anos de tempo de serviço na mesma empresa, que  receberá, por ocasião de sua aposentadoria, gratificação correspondente a 150% de seu último salário. A CCT prevê ainda estabilidade por um ano para a empregada que estiver inclusa no cadastro de programas assistenciais do governo federal, estadual ou municipal, em decorrência de situação de violência doméstica e familiar.

 

Outra novidade da Convenção Coletiva é a a garantia aos empregados em união homoafetiva, de todos os direitos previstos no presente instrumento, de forma a facilitar o resguardo dos interesses de seus companheiros(as) e dependentes habilitados perante a previdência social.

Base Territorial: Águas de Lindóia, Amparo, Artur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Estiva Gerbi, Holambra, Indaiatuba, Itapira, Jaguariúna, Lindóia, Mogi Guaçú, Mogi Mirim, Monte Alegre do Sul, Monte Mor, Paulínia, Pedreira, Santo Antonio de Posse, Serra Negra, Socorro e Valinhos

Copyright © 2010 Todos os direitos reservados

Rua Dona Rosa de Gusmão nº 420
Jardim Guanabara
Campinas/SP
CEP 13073-120
Telefone (19) 3213-1742