Artigos de menuUltimas notícias

1º de Maio Unificado das centrais será no Vale do Anhangabaú

O 1º de Maio Unificado, de 2023, das centrais sindicais CUT, Força Sindical, CTB, UGT, Intersindical (Classe Trabalhadora), CSB, Nova Central e Pública será, a partir das 10 horas, no Vale do Anhangabaú, região central da cidade de São Paulo.

O lançamento do principal evento do Dia dos Trabalhadores e das Trabalhadoras aconteceu no último dia 3 nas ruas da capital paulista com ato e panfletagem no Largo da Concórdia e na Estação do Brás.

Em 2023, o lema será “Emprego, Renda, Direitos e Democracia”.  As centrais levam às ruas 15 reivindicações que tratam desde a política de valorização do salário mínimo até a regulamentação do trabalho por aplicativos e a defesa das empresas públicas (confira a pauta completa no final da matéria).

O presidente da Força Sindical, Miguel Torres, destaca que o 1º de Maio é uma data para homenagear os trabalhadores e trabalhadoras e mobilizar toda a sociedade para avançar na conquista de direitos trabalhistas e sociais. “Vamos juntos mobilizar a sociedade para garantir empregos de qualidade, direitos e renda para todos.”

O secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves (Juruna), reforça que este será um dia de luta por empregos, direitos, renda. “Nossa unidade neste 1º de Maio tem um único objetivo, melhorar a vida dos trabalhadores e das trabalhadoras do nosso país com a conquista e manutenção dos direitos”.

“As pautas vão de mudanças na legislação trabalhista até questões sociais e econômicas. Seguimos reforçando a luta pela democracia, tão atacada no último período pelo governo anterior. Temos muito que avançar em nosso país, principalmente em relação aos direitos sociais e trabalhistas que foram perversamente retirados da classe trabalhadora e de todo povo brasileiro”, afirma o presidente da CUT São Paulo, Douglas Izzo.

O secretário-geral da CTB, Ronaldo Leite, destaca que a unidade do movimento sindical reforça as demandas que nós precisamos construir, de mobilização para os grandes embates que vamos ter ao longo de 2023. “Nossa ação unitária é fundamental na luta de pautas como o fortalecimento dos sindicatos, a valorização da negociação coletiva e o combate à precarização, por meio de temas como a regulamentação do trabalho por aplicativos”, salientou o secretário-geral da CTB.

Na capital paulista, o evento começa às 10h e as centrais aguardam a confirmação da presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Além do ato nacional na cidade de São Paulo, várias manifestações unificadas estão previstas em todo país.

Entre as atrações culturais no Vale do Anhangabaú, já estão confirmados os cantores Zé Geraldo, Leci Brandão, Toninho Geraes, Almirizinho, MC Sofia, Edi Rock, Dexter e Sidney Magal. Além de apresentação do grupo bloco Ilú Obá de Min, a discotecagem será com a DJ Maria Teresa.

Veja a seguir a pauta do 1º de Maio Unificado de 2023:

– Fortalecimento das negociações coletivas

– Mais empregos e renda

– Fim dos juros extorsivos

– Política de valorização do salário mínimo

– Direitos para todos

– Revogação dos marcos regressivos da legislação trabalhista

– Fortalecimento da democracia

– Aposentadoria digna

– Trabalho igual, salário igual – Convenção 156 (OIT)

– Valorização do servidor público – Convenção 151 (OIT)

– Contra o assédio moral, a violência e o racismo

– Revogação do “Novo” Ensino Médio

– Desenvolvimento econômico e social

– Regulamentação do trabalho por aplicativos

– Em defesa das empresas públicas

Fonte: Rede Brasil Atual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *