Campanha Salarial

Trabalhadores de Contabilidade aprovam reivindicações da Campanha Salarial

Os trabalhadores em escritórios de Contabilidade, aprovaram na última terça-feira, dia 10 de maio, a pauta de reivindicações da Campanha Salarial de 2011. Com data base em 1º de agosto, os trabalhadores reivindicam reajuste salarial de 10% e aumento real de 5% sobre os salários já corrigidos. Os pisos salarial defendidos para cada função são os seguintes: R$ 3.000,00, para os empregados das funções de contador, supervisor, encarregado e chefe de departamento; R$ 2.500,00, para os empregados nas funções de analista de cálculo, fiscal, contábil e departamento de pessoal; R$ 2.000,00, para os empregados nas funções de assistente contábil, fiscal, departamento de pessoal, de recursos humanos, administrativos e assistentes em geral; R$ 1.500,00, para os empregados nas funções de escriturário, recepcionista, secretária e auxiliares em geral e, R$ 1.200,00, para os empregados nas funções de arquivista, office-boy, moto-boy, faxineiro, copeiro e outros.

 

O valor do auxílio-refeição segundo a pauta aprovada passa a ser de R$ 21,00 para cada dia trabalhado, sem qualquer desconto dos empregados. Entre as cláusulas econômicas estão ainda Adicional de Quebra de Caixa em valor equivalente a 20% de salário dos empregados que manuseiam numerários, horas extras remuneradas com adicional de 100% sobre o valor da hora ordinária, Adicional de Tempo de Serviço de R$ 50,00, mensais, por triênio na mesma empresa e Participação Nos Lucros e Resultados para todos empregados, independente de sua faixa salarial, equivalente a dois salários normativos, em duas parcelas iguais de 50% cada.

 

Confira outras reivindicações aprovadas
Assistência Médica e Odontológica
As empresas que ainda não possuem planos de assistência médica e odontológica terão prazo de 90 dias para firmarem convênios, ou aderirem aos planos de saúde dos convênios dos sindicatos profissionais.

 

Auxílio Creche
As empresas que não possuírem creches próprias deverão reembolsar seus empregados de forma integral, os gastos advindos com o custeio para mantença de seus filhos com idade até seis anos e 11 meses de idade.

 

Seguro de Vida
As empresas deverão providenciar seguro de vida e de acidente pessoal por morte natural, acidental e invalidez permanente, em favor do empregado e seus dependentes previdenciários, no valor mínimo de R$ 30.000,00, a título de indenização, totalmente subsidiado.

 

Aposentadoria
O empregado que conte no mínimo três anos de tempo de serviço na mesma empresa receberá, por ocasião de sua aposentadoria, uma gratificação de valor correspondente a 150% de seu último salário.

 

Assédio Moral/Sexual
As empresas se comprometem a iniciar uma campanha contra o assédio sexual e moral no local de trabalho, em conjunto com os sindicatos profissionais. As denúncias de assédio serão apuradas em uma comissão bipartite (sindicato e empresa).

 

Empregados em União Homoafetiva
Fica assegurada aos empregados em união homoafetiva, a garantia de todos os direitos previstos no presente instrumento, de forma a facilitar o resguardo dos interesses de seus companheiros(as) e dependentes habilitados perante a previdência social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.