Campanha Salarial

Mais três categorias com data base em maio definem em assembléia suas pautas de reivindicações

O SEAAC de Campinas e Região realizou nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro, mais três assembléias para a discussão e aprovação da pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2013, das categorias que têm data base em 1º de maio: Corretores de Imóveis, trabalhadores de Locadoras de Fitas e de Representantes Comerciais.

 

Os trabalhadores aprovaram entre outras cláusulas, a que prevê reajuste salarial de 10% e aumento real de 5%. 

 

O piso salarial reivindicado pelos funcionários de Representantes Comerciais é de R$ 1.500,00, além de auxílio-refeição de R$ 30,00 por dia trabalhado, adicional por tempo de serviço de R$ 60,00 a cada triênio de trabalho e Participação nos Lucros e Resultados.

 

Os trabalhadores de Locadoras de Fitas pedem piso salarial de 900,00 e, para os que desempenham a função de gerente, piso de R$ 1.500,00. Outras reivindicações são Gratificação de Quebra de Caixa para os que manuseiam numerários, em valor equivalente a 20% de seu próprio salário, adicional por tempo de serviço de 5% sobre o salário, a partir do quinto ano completo de serviço na mesma empresa, auxílio-refeição de R$ 25,00 por dia trabalhado e reembolso creche.

 

Funcionários de Corretores de Imóveis reivindicam piso salarial de R$ 1.200,00 para funções de office-boy, copeiro, faxineiro e, para as demais funções, piso de R$ 1.500,00. Pedem ainda auxílio-refeição de R$ 25,00 por dia de trabalho, adicional de acúmulo de função, PLR e reembolso creche. 

 

Outras categorias

Nos dias 5 e 6 de fevereiro o SEAAC realizou as assembléias das categorias de Comissários e Consignatários e de Arquitetura e Engenharia Consultiva.

 

Os empregados de Comissários e Consignatários reivindicam o piso salarial único de R$ 1.430,00, para trabalhadores em regime integral, gratificação de quebra de caixa para funcionário que manuseiam numerários, em valor equivalente a 20%, além de auxílio refeição/alimentação de R$ 25,00, para cada dia de trabalho.

 

Para empregados de Arquitetura e Engenharia Consultiva o piso reivindicado para Office-boy, Faxineiros, Copeira, Porteiros é de R$ 1500,00 e para as demais funções R$ 2.200,00 e vale-refeição/alimentação de R$ 30,00, por dia trabalhado subsidiando em 80% o valor gasto pelo trabalhador.

 

Novas cláusulas

Entre as novas cláusulas sociais incluídas na pauta de reivindicações e consideradas um avanço para a presidente do SEAAC de Campinas, Elizabete Prataviera estão a implantação de campanha contra o assédio sexual e moral no local de trabalho, em conjunto com os sindicatos profissionais, outra que assegura a execução de programas de promoção da igualdade, com o objetivo de assegurar representação vertical de todos os membros dos grupos étnico/raciais proporcionalmente à sua participação na população local.

 

Os empregados em união homoafetiva, terão a garantia de todos os direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho, de forma a facilitar o resguardo dos interesses de seus companheiros (as) e dependentes habilitados perante a previdência social.

 

O SEAAC de Campinas e Região está localizado à Rua Dona Rosa de Gusmão nº420 – Jardim Guanabara – Campinas/SP. Maiores informações pelo telefone (19) 3213.1742, ou no site: www.seaaccampinas.org.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.