Encontro da Mulher

Palestrante incentiva maior participação das mulheres nas ações sindicais

Valorização, integração, autonomia e igualdade. Estas foram as palavras destacadas pela professora Élzide Pacheco Tunuchi durante o 7º Encontro Regional da Mulher EAA do SEAAC de Sorocaba e Região, realizado no último sábado, dia 20. Tendo como base o tema “Emancipação da Mulher: um importante passo no combate à desigualdade e ao preconceito”, a professora deu uma aula de motivação, incentivando as trabalhadoras associadas a valorizarem suas competências e a participarem ainda mais das ações promovidas pelo SEAAC. O evento ocorreu na sede social do Sindicato.

 

“A competência que você tem hoje, é o que te dará referência para galgar sua vida futuramente”, disse a professora Élzide, abrindo a palestra. Com bom humor, a pedagoga alertou as mulheres sobre a importância em se valorizar e conhecer suas habilidades, podendo assim praticar sua emancipação, que para a professora “é, primeiramente, valorizar o seu potencial, o seu pensar. Emancipar é buscar pela autonomia e igualdade.”

 

A palestrante contou suas histórias dentro do mercado de trabalho e enfatizou que para conquistar melhores condições de trabalho é preciso debater e ter ciência da importância do papel da mulher para a sociedade. “Eu sempre tive a coragem de dialogar, discutir. E a participação nestes encontros ajuda a ter argumentos, pois é preciso ‘brigar’ com argumentação consciente”, lembrou Élzide.

 

Integrante do Conselho dos Direitos da Mulher de Sorocaba, Élzide diz que mesmo com muitas conquistas, ainda é grande o número de mulheres que desconhecem seus direitos ou de trabalhadoras que encontram barreiras que as impedem de encontrar o crescimento e a motivação diante das oportunidades.

 

“Por isso, temos de nos integrar nestes encontros, fazer parte desta revolução e buscar melhor atendimento das necessidades e enfrentar estes desafios. Emancipação é tornar livre, independente, batalhar pela modificação”, disse Élzide, destacando a importância do papel dos homens nesta luta pela igualdade. “Enquanto não houver uma revolução dos homens, a revolução da mulher ficará pela metade. A revolução é a vivência do amor. Temos que compartilhar.”

 

Para fechar o evento, Élzide realizou uma atividade entre os participantes, promovendo a integração e destacando a importância da união entre as pessoas. A pedagoga finalizou a palestra incentivando as mulheres a buscarem pela sua valorização. “Mostre que vocês têm orgulho de ser mulher e podem assumir o que desejam. São nestes momentos e espaços que devemos enaltecer o papel fundamental da mulher como oxigênio profissional da nação”.

 

DIRETORIA

A diretora da Secretaria Geral do SEAAC de Sorocaba, Bárbara Mollon, recebeu as trabalhadoras e agradeceu a palestrante Élzide Pacheco Tunuchi pela participação. Também estiveram no evento a diretora da Secretaria da Mulher da FEAAC e presidente do SEAAC de Campinas e Região, Elizabete Prataviera. “Há muitos anos, as mulheres da categoria EAA lutam por igualdade e melhores condições de trabalho. Os Encontros da Mulher servem para elencarmos as reivindicações das nossas trabalhadoras e também reforçar a luta por um maior espaço às mulheres dentro dos sindicatos”, discorreu a dirigente.

 

A diretora da Secretaria Geral da FEAAC e presidenta do SEAAC de Americana e Região, Helena Ribeiro da Silva, também esteve presente e falou sobre a luta pela equiparação salarial. “Atualmente, o mercado de trabalho é formado por 42% de mulheres. Mesmo assim, com este número significativo, nós mulheres ainda sofremos com a desigualdade salarial, recebemos muito menos que os homens. Temos de criar ações e projetos para acabar com esta discrepância”.

 

Antonia Vicente, diretora no SEAAC de Americana e Região e presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Americana, e Luciana P. Franco, diretora no SEAAC de Campinas e coordenadora do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Campinas também estiveram no evento.

 

O próximo Encontro Regional da Mulher EAA será realizado pelo SEAAC de Marília e Região, no dia 17 de agosto, às 14h30. O tema de discussão será “O excesso de trabalho e suas consequências na saúde da mulher”, com palestra da psicóloga Maria Isabel N. G. Manzano. O evento ocorre no Hotel Tenda, localizado na rua Sete de Setembro, nº 35, na cidade de Marília. Outras informações podem ser obtidas no site www.seaacmarilia.org.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.