Artigos de menuUltimas notícias

Reunião entre governo, apps e entregadores termina sem acordo; categoria indica greve

Trabalhadores afirmam que não houve avanço em nenhum ponto da negociação desde o início do ano

Caso não haja acordo de remuneração, entregadores prometem parar no dia 12 de setembro – Foto: Jorge Leão

Terminou sem acordo a reunião organizada pelo Grupo de Trabalho dos Aplicativos do Ministério do Trabalho e Emprego para debater a remuneração dos entregadores, realizada nesta quarta-feira (29). A categoria aprovou, então, um indicativo de greve nacional para o dia 12 de setembro, caso não haja consenso até lá.

“A Mobitec ofereceu uma proposta de 12 reis a hora e nós recusamos. A gente achou que ele chegariam com uma proposta mais séria”, afirmou Jr. Freitas,  entregador que participa do GT em nome da Aliança Nacional dos Entregadores (Anea).

Os trabalhadores afirmam que a proposta não detalha os custos envolvidos na prestação do serviço de entrega e que não há menção aos períodos “ociosos”, aqueles em que os entregadores aguardam para serem alocados em uma entrega. 

A Federação Brasileira dos Motociclistas Profissionais (Febramoto) publicou em seu site uma nota com o chamamento para a greve. Nela, afirmam que não houve nenhum avanço desde o início das negociações. 

“As associações que representam as empresas de aplicativos estão de brincadeira e não mostrando um pingo de preocupação pelas dificuldades e necessidades que os entregadores estão passando. Já são 120 dias de negociação e até aqui, sem nenhum avanço”, diz o texto.

De acordo com a Febramoto, a greve tem adesão de centrais sindicais e diversas associações de motociclistas, entre elas UGT, Força Sindical, CUT, CSB, NCST, CTB,  Conselho Nacional dos Sindicatos de Motoboys e Motoentregadores, Frente Nacional dos Mototaxistas do Brasil, Febramoto, Fenamoto, Fenordeste, Fetramoto e a Aliança Nacional dos Entregadores por Aplicativos.

Fonte: Brasil de Fato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *