Artigos de menuUltimas notícias

Só na Caixa, 225 mil pessoas já tiveram o nome limpo com o programa Desenrola

A ação do governo para renegociação de dívidas também motivou o atendimento especial nas agências da Caixa, que nesta sexta abriram mais cedo para o mutirão

Além do Desenrola Brasil, a Caixa promove o Tudo em Dia Caixa, uma campanha própria de renegociação de dívidas. O banco dará desconto de 40% a 90% para pessoas físicas e jurídicas em débito com a instituição -Tânia Rêgo/ABR

Pelo menos 225 mil pessoas com dívidas de até R$ 100 com a Caixa Econômica Federal já tiveram o nome limpo nos primeiros dias do programa Desenrola. A ação do governo para a renegociação de dívidas também motivou o atendimento especial nas agências do banco estatal nesta sexta-feira (21), que abriram mais cedo para o mutirão de renegociação. Um caminhão-agência seguiu para Santos (SP), para reforçar a mobilização.

A presidenta da Caixa, Maria Rita Serrano, tem agenda de visita a agências no Distrito Federal nesta sexta. Em outros estados, diretores também vão percorrer agências. O objetivo da direção é focar ações neste mutirão para atender a população de forma mais direcionada. Em dois dias de atendimento, o banco registrou o dobro da procura normal por renegociação em seus canais.

A Caixa possibilita a quitação à vista das dívidas com descontos de 40% até 90%, a depender do contrato do cliente, além do parcelamento mínimo em 12 meses e máximo de 96.

Primeira fase do Desenrola

Além do Desenrola Brasil, o banco promove o Tudo em Dia Caixa, uma campanha própria de renegociação de dívidas. Assim, dará desconto de 40% a 90% para pessoas físicas e jurídicas em débito com a instituição. Quanto menor o número de parcelas, maior o desconto.

A primeira fase do Desenrola, que começou a vigorar na segunda-feira (17), permite a negociação de dívidas bancárias. Nesta etapa, ocorrem duas ações paralelas. As pessoas com débitos de até R$ 100 vencidos até 31 de dezembro do ano passado têm o nome limpo. A dívida não é perdoada, mas o cliente será retirado do cadastro negativo.

A segunda ação beneficia pessoas físicas que ganham até R$ 20 mil e têm dívidas em banco sem limite de valor. Para essa categoria, os bancos estão oferecendo renegociação direta com os clientes em troca da antecipação de créditos tributários (antecipação de descontos em tributos). O governo ofereceu R$ 50 bilhões em créditos antecipados em proporção aos descontos concedidos. Cada R$ 1 de desconto na dívida dá direito a R$ 1 em crédito tributário para a instituição financeira.

Fonte: Rede Brasil Atual/com Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *