Estudos apontam 97% de eficácia em vacina contra Covid-19

A CoronaVac, vacina desenvolvida em parceria entre o laboratório chinês Sinovac e o Instituto Butantãn, apresentou eficácia em 97% dos casos, com capacidade de produção de imunizantes nos organismos 28 dias após a aplicação. É o que afirma artigo publicado na revista científica Lancet Infectious Diseases.

A CoronaVac, vacina desenvolvida em parceria entre o laboratório chinês Sinovac e o Instituto Butantãn, apresentou eficácia em 97% dos casos, com capacidade de produção de imunizantes nos organismos 28 dias após a aplicação. É o que afirma artigo publicado na revista científica Lancet Infectious Diseases.

Em matéria publicada no jornal Folha de S. Paulo, especialistas revisaram diversas vezes o estudo científico. Os resultados foram tirados das análises clínicas das fases 1 e 2, conduzidas na China entre abril e maio, com 744 voluntários.

No momento atual, a CoronaVac está na fase 3 de teste, a última antes de poder ser comercializada. Na última semana, os laboratórios Pfizer e Moderna divulgaram resultados preliminares da terceira rodada de testagem de suas vacinas, apresentando eficácia acima de 90%.

Estudo – Os voluntários receberam, de forma aleatória, a vacina ou um placebo e ambos apresentaram bons resultados. Os anticorpos foram verificados entre 14 e 28 dias após as aplicações.

Fonte: Agência Sindical

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.