Veja como saber quanto tem a receber do FGTS e evite filas na Caixa

O trabalhador que vai até uma agência da Caixa em busca de informações sobre o saque das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) pode ter que encarar uma longa fila. A espera no dia do anúncio era de até 1h30 em agências do centro da capital. Para fugir da fila, dúvidas podem ser esclarecidas sem sair de casa, na internet ou por telefone.

O trabalhador pode consultar o extrato de todas as suas contas no FGTS no site servicossociais.caixa.gov.br.

Cada contrato de trabalho gera uma conta no fundo. Para saber quanto vai poder sacar, o trabalhador deve somar o saldo das contas dos empregos que pediu demissão -ou foi demitido por justa causa- até 31 de dezembro de 2015.

Também é importante consultar os canais de atendimento criados especialmente para o saque das contas inativas.

No site caixa.gov.br/contasinativas ou pelo telefone 0800-726-2017, o trabalhador consegue saber quanto irá receber quando chegar a sua vez no calendário. O valor deve ser igual ao verificado no extrato do FGTS.

Se houver algum erro, pode ser que o empregador não tenha informado à Caixa o desligamento do funcionário e, por isso, o sistema não identificou todas as contas inativas. Também pode haver algum problema no cadastro do profissional.

Nesses casos, será preciso buscar ajuda em uma agência. Para facilitar o atendimento, é preciso levar a carteira de trabalho com as anotações de demissão ou as rescisões de contrato, para provar que saiu do emprego.

O trabalhador pode encontrar alguma dificuldade para acessar o site ou conseguir o atendimento pelo telefone nos próximos dias. Segundo a Caixa, o sistema tem passado por instabilidades, mas o banco informa que está trabalhando para estabilizar o serviço.

Fonte: Folha de S. Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.