A diretoria do SEAAC Campinas e Região vem comunicar o que segue:

As Convenções Coletivas de Trabalho das categorias de Comissários e Consignatários(2019), Cobrança e Recuperação de Crédito(2019), Arquitetura e Engenharia Consultiva(2018/2019) e Locadoras de Máquinas e Equipamentos de Terraplenagem(2018/2019), não foram assinadas, em virtude da intransigência dos Sindicatos Patronais, que se aproveitaram da Reforma Trabalhista baixada em novembro de 2017, para retirar direitos e enfraquecer a atuação do SEAAC Campinas e Região, em defesa das(os) trabalhadoras(es).

Diante da postura patronal, inflexível, ingressamos com Dissídio Coletivo e estamos aguardando a designação das audiências na Justiça do Trabalho, para a tentativa de conciliação, ou julgamento.

Sabemos que a ausência da Convenção Coletiva deixa trabalhadores desestimulados, com salários corroídos e enfrentando dificuldades, e algumas empresas inseguras, porque esse atraso na negociação gera dívidas de salários e benefícios, que deverão ser quitados de uma só vez, quando da decisão da Justiça.

Nossa orientação é de que as empresas responsáveis e que respeitam os trabalhadores, concedam o reajuste de cada categoria, de acordo com a inflação acumulada.

Nos colocamos à disposição para assinar Acordos Coletivos em separado, fornecemos a minuta e realizamos a assembleia para discussão e votação.

Continuamos abertos à negociação amigável e também atentos às queixas das trabalhadoras e trabalhadores destas categorias.

Todos os esforços serão feitos pela diretoria do SEAAC Campinas e seus assessores jurídicos, para que as CCTs sejam assinadas ainda este ano. Para isso contamos com a sensibilidade e respeito dos patrões para com seus funcionários.

O SEAAC Campinas pede a compreensão dos trabalhadores e trabalhadoras e se coloca de forma solidária às necessidades de todos, pois as perdas salariais pesam no orçamento das famílias envolvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.